PATROCINADORES

Gastos com saúde e economia poderão aumentar, afirma ministro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participou de uma videoconferência pelo YouTube com o presidente da XP Investimentos, Guilherme Benchimol, o estrategista-chefe e chefe de análise da empresa, Fernando Ferreira, e executivos. Durante a conversa, ocorrida neste sábado (28), Guedes descartou qualquer possibilidade de aumento de impostos, defendeu as posições do presidente Jair Bolsonaro e afirmou:

“Nenhum brasileiro será deixado para trás. Vamos liberar todos os recursos que a Saúde necessitar e, da mesma forma, não deixaremos faltar liquidez na economia”.

Guedes explicou que as ações são transitórias e servirão para manter a economia nos próximos meses. Ele garantiu que a agenda de reformas vai seguir em frente após a crise, já que a economia se encontrava em recuperação. Sobre o Plano de Auxílio Emergencial aos Informais, que vai custar R$ 50 bilhões, Guedes disse:

“Preferimos correr o risco do erro e fazer a inclusão social de todos. Se alguém que não pode receber o valor os R$ 600 por mês estiver na lista de beneficiários, vamos corrigir lá na frente”.

Sobre as questões políticas, o ministro amenizou a briga entre o presidente Jair Bolsonaro e os governadores, defendendo o caráter técnico da atuação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Estamos em isolamento”, afirmou, explicando que o pronunciamento de Bolsonaro em rádio e TV, na terça-feira (24), não foi bem interpretado, já que presidente estaria de olho nos riscos de uma segunda onda da pandemia – esta sim capaz de colapsar a economia. “Estamos em democracia. O presidente fez alerta, os governadores administram do jeito que avaliam melhor”, disse.

Ele também garantiu sua presença na pasta. “Não tem esse negócio de sair”, disse. Durante a videoconferência, Guedes estava em sua residência, no Rio de Janeiro, pois o hotel em que se hospeda em Brasília foi fechado por causa da pandemia. Na próxima semana, ele deve se instalar com a família na Granja do Torto. Foi um convite do presidente.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.