PATROCINADORES

“Fragiliza o partido”, diz Alckmin sobre prisão de Richa

O candidato à Presidência da República Geraldo Alckmin admitiu nesta terça-feira (11) que a prisão de Beto Richa pode trazer impacto negativo para o PSDB. “Claro que isso fragiliza o partido, aliás eu acho que todos os partidos estão fragilizados, por isso eu tenho sempre destacado a questão da reforma política, nós precisamos fazer a reforma política”, disse. O presidenciável defendeu o prosseguimento das investigações contra o tucano. “Isso vale para todo mundo, todos os partidos. Defesa intransigente da Lava Jato. Vamos aguardar, eu acho que o que a população deseja é que haja justiça. Eu não tenho conhecimento desses fatos, mas vamos aguardar, eu acho que sempre apoiar o trabalho de investigação e confiar na Justiça”, completou Alckmin.

Por que é importante

Ex-governador do Paraná e candidato ao Senado, Beto Richa foi preso em uma operação que investiga a suspeita de direcionamento de licitação e pagamento de propina

Quem ganha

O Ministério Público do Paraná, que conduz o caso

Quem perde

O PSDB e Richa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − oito =

Pergunte para a

Mônica.