Document
PATROCINADORES

Fogo foi extinto na Chapada dos Veadeiros e está controlado na Diamantina

Os bombeiros de Goiás e da Bahia conseguiram evitar que os incêndios florestais potencializados pela seca e queimadas ilegais ampliassem os danos nos parques das Chapada dos Veadeiros (GO) e Diamantina (BA) e suas redondezas. Nesta segunda-feira (12), as chamas na região da Chapada dos Veadeiros foram extintas. As queimadas duraram cerca de duas semanas e foram contidas com ajuda de brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e voluntários.

O trabalho contou com ajuda de cinco aeronaves Air Tractor, usadas para despejar agua com produto retardante de fogo em locais de difícil acesso. A cada passagem as aeronaves despejaram até dois mil litros de água em dois segundos sobre os focos mais intensos de chamas.

A chuva que caiu na região no último fim de semana também ajudou. O fogo teve início em 25 de setembro em uma propriedade rural no município de Cavalcante, no interior da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pouso Alto. A estimativa é de que 75 mil hectares tenham sido destruídos na região.

Na Chapada Diamantina, na Bahia, o combate está em seu sétimo dia. Neste domingo (11), o incêndio foi declarado controlado, restrito a pequenos focos. Sem a ajuda das chuvas, o governo estadual enviou seis Air Tractor, do programa Bahia Sem Fogo.

Criticado internacionalmente por sua postura considera frouxa, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, postou um vídeo no Twitter. Ele sobrevoou Veadeiros no sábado (10).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.