PATROCINADORES

Flávio Bolsonaro compra mansão de R$ 6 milhões em Brasília

O site O Antagonista noticiou, nesta segunda-feira (1º), que o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) (imagem), filho do presidente Jair Bolsonaro, comprou no início de janeiro um imóvel de R$ 6 milhões em um condomínio no Setor de Mansões Dom Bosco, uma área nobre de Brasília que dá margem para o Lago Sul. O terreno tem 2,5 mil metros quadrados, com 1,1 mil de área construída.

Aquisição foi feita mediante finaciamento, apurou O Antagonista. Do total de R$ 5,97 milhões, cerca de R$ 3,1 milhões foram repassados pelo Banco de Brasília (BRB), para serem quitados em 360 meses (30 anos), com “taxa de juros nominal reduzida de 3,65% ao ano” – chegando até a 4,85%. Até aí tudo bem.

Condomínio Ouro Branco, no Setor de Mansões D. Bosco, vai abrigar o senador e sua esposa

O que causa apreensão é que as contas não batem, aponta a reportagem. Na campanha de 2018, Flávio declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um patrimônio de R$ 1,7 milhão. “Como senador, passou a ganhar R$ 25 mil líquidos por mês e a usar apartamento funcional cedido pelo Senado. Sua esposa Fernanda [Antunes Figueira Bolsonaro] é dentista e abriu consultório em Brasília, depois que o marido foi eleito”, afirma o texto.

O valor dado na entrada, por volta de R$ 2,87 milhões, é quase o dobro do patrimônio declarado do senador. A reportagem não considerou eventuais contribuições da esposa de Flávio, mas lembra que o valor é próximo dos R$ 3 milhões da qual ele teria sido supostamente beneficiado no esquema das rachadinhas de salários de seus assessores, quando era deputado estadual da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Para o Ministério Público do Rio, que investiga o caso, o então deputado estadual teria lucrado cerca de R$ 3 milhões em transações imobiliárias com “suspeitas de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas” no período que vai de 2010 a 2017.

A reportagem também conseguiu acesso ao registro do imóvel (fac-símile abaixo). A escritura foi lavrada em serviço notarial em Brazlândia, cidade-satélite do distante 45 quilômetros de Brasília.

Procurado, o senador não se manifestou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

Pergunte para a

Mônica.