PATROCINADORES

Fachin mantém ex-ministro Geddel Vieira Lima na prisão

O ministro Edson Fachin, do STF, rejeitou um pedido da defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima para colocá-lo em liberdade. Os advogados de Geddel alegavam que ele se encontra em situação de vulnerabilidade no sistema penitenciário, por estar encarcerado em pavilhão de segurança máxima. O ex-ministro está preso desde setembro de 2017 após a Polícia Federal localizar R$ 51 milhões em dinheiro vivo em um apartamento em Salvador (BA). Foram encontradas digitais do político no dinheiro. Ele responde por lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Fachin barrou o pedido de liberdade “em função da gravidade das condutas atribuídas ao ex-ministro, dos robustos indicativos de propensão à reiteração delitiva e da inequívoca insuficiência de medidas cautelares alternativas para o resguardo da ordem pública.”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 13 =

Pergunte para a

Mônica.