PATROCINADORES

Ex-secretário de Saúde do Rio é preso por suspeita de fraude na compra de respiradores

Uma operação do Ministério Público do Rio de Janeiro prendeu na manhã desta sexta-feira (10) o ex-secretário de Saúde Edmar Santos. Segundo o Bom Dia Rio, da TV Globo, Santos é investigado por irregularidades nas ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus no estado, como a compra de respiradores e contratos emergenciais para a construção dos hospitais de campanha. Ele ficou no cargo até 17 maio, quando foi exonerado pelo governador Wilson Witzel. O ex-secretário foi localizado em Itaipava, na Região Serrana do Rio. As suspeitas de fraude na saúde e no combate à doença também envolvem Witzel. O governador é investigado pelo Ministério Público Federal, além de ser alvo de um processo de impeachment na Assembleia Legislativa do estado.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =