PATROCINADORES

Ex-ministro Gustavo Bebianno morre aos 56 anos no Rio

Morreu na madrugada deste sábado (14), aos 56 anos, o ex-ministro Gustavo Bebianno. Segundo o jornal O Globo, Bebianno estava em seu sítio em Teresópolis, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante. Ele chegou a ser levado a um hospital da cidade, mas não resistiu. O advogado foi um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro na campanha presidencial de 2018. Bebianno assumiu a presidência do PSL durante o período e coordenou todos os atos do partido. Com a vitória de Bolsonaro, Bebianno ganhou um cargo no Palácio do Planalto (Secretaria-Geral da Presidência). Ele foi demitido do posto já no segundo mês do novo governo – e rompeu com o presidente – após atritos com Carlos Bolsonaro. Bebianno estava filiado ao PSDB e tinha intenção de disputar a eleição para a prefeitura do Rio neste ano.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.