Document
PATROCINADORES

Europa adota restrições para conter segunda onda do novo coronavírus

A Europa enfrenta um momento de apreensão por causa de uma possível segunda onda da pandemia do novo coronavírus. Os casos diagnosticados no continente tiveram uma alta de mais de 30% nos últimos dias na comparação com as semanas anteriores. O número de mortos subiu quase 20%. Diversos países voltaram a adotar medidas mais rígidas para conter o avanço dos contágios. A França determinou toque de recolher noturno nas maiores cidades pelas próximas quatro semanas, com multa para quem descumprir a ordem. Portugal entrou em estado de calamidade pública a partir da meia-noite desta quinta-feira (15). A Alemanha proibiu grandes aglomerações até o final do ano e avalia decretar lockdown em regiões mais críticas. O governo da Espanha impôs um estado de emergência de 15 dias em Madri, com as pessoas sendo impedidas de entrar ou sair da capital por motivos não-essenciais. A Holanda fechou bares e restaurantes e permitiu o funcionamento apenas dos serviços de entrega. Já a Itália tornou obrigatório o uso de máscara na rua e em todos os estabelecimentos.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.