PATROCINADORES

Esquema de corrupção fez preço de pedágio disparar no PR

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (22) a 48ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Integração, que investiga um esquema de corrupção na concessão de rodovias no Paraná. Uma das consequências do conluio criminoso foi a disparada do preço de pedágio em estradas do norte do Estado. “As tarifas pagas pelo usuário foram elevadas a valores estratosféricos”, observou o MPF. Ao todo, a PF cumpriu seis mandados de prisão temporária e cinquenta e cinco de busca e apreensão. Entre os envolvidos estão o atual diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) do Paraná, Nelson Leal Junior, e o assessor da Casa Civil do governo local Carlos Nasser.

Por que é importante

A investigação apura desvios de pelo menos R$ 63 milhões

Quem ganha

O MPF indicou que deve expandir o caso para outras concessionárias que atuam no Paraná

Quem perde

Os usuários das estradas administradas pelas empresas investigadas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + cinco =

Pergunte para a

Mônica.