PATROCINADORES

Empresário Eike Batista é condenado a 30 anos de prisão

O juiz federal Marcelo Bretas condenou nesta terça-feira (3) o empresário Eike Batista a 30 anos de prisão. A sentença é decorrente da Operação Eficiência, desdobramento da Operação Lava Jato, na qual Eike foi acusado de pagar propina ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral.

Por que é importante

Está é a primeira condenação de Eike Batista, que chegou a ser considerado o sétimo homem mais rico do mundo

Quem ganha

A Lava Jato no Rio de Janeiro

Quem perde

Além do empresário, Sergio Cabral, que também foi condenado caso. O ex-governador acumula 112 anos e oito meses de prisão

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − cinco =

Pergunte para a

Mônica.