Document
PATROCINADORES

É fake que justiça dos EUA determinou que vacinados deixaram de ser humanos

MONEY REPORT escolheu como a Fake News da Semana a alegação feita em redes sociais de que a Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu que os vacinados contra a covid-19 não são humanos, já seu DNA foi alterado. A publicação é enganosamente grotesca. O tribunal jamais tomou tal decisão e nenhuma tecnologia empregada em imunizações consegue penetrar o núcleo das células e alterar o material genético humano. A informação distorce o sentido de um documento de junho de 2013 utilizado em uma disputa sobre a legalidade de algumas patentes de genoma humano da empresa Myriad Genetics.

Além de ser datada sete anos antes da pandemia, o documento citado no vídeo pelo homem não possui nenhuma ligação com agentes imunizantes. O conteúdo mentiroso circula principalmente no Telegram, mas também foi compartilhado no Facebook, com centenas de compartilhamentos até segunda-feira (18).

Postagem feita no Facebook com informação falsa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.