Document
PATROCINADORES

Doria contrapõe Bolsonaro sobre obrigatoriedade de vacinação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a antagonizar com o presidente Jair Bolsonaro nesta quarta-feira (2). O assunto da vez foi a futura obrigatoriedade da vacinação contra o novo coronavírus. No início da semana, Bolsonaro disse a uma apoiadora que o governo não poderia impor a imunização para todos. A afirmação do presidente foi replicada no Twitter da Secretaria de Comunicação (Secom). Doria rebateu a manifestação de Bolsonaro. “Quero respeitosamente discordar dessa posição. Ao meu ver, a vacina deveria sim ser obrigatória para todos os brasileiros. A vacina tem que ser uma decisão pessoal de cada um, mas uma obrigação, uma determinação do Estado”, afirmou o tucano. Ser contra qualquer tipo de vacinação compulsória é uma das bandeiras de parte do eleitorado mais radical do presidente. Eles colocam a questão mais na esfera da opção pessoal e do que como uma solução de saúde pública capaz de evitar mortes por contaminação. Confira a publicação da Secom:

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.