Document
PATROCINADORES

Dodge arquiva inquérito que apura ofensas contra ministros do STF

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, decidiu nesta terça-feira (16) arquivar o inquérito aberto de ofício pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, para apurar a disseminação de informações falsas, ameaças e ofensas contra membros da Corte. Dodge argumentou que a legislação brasileira prevê o Ministério Público Federal como titular de uma ação penal. Assim, conforme a PGR, o ministro Alexandre de Moraes, escolhido por Toffoli para comandar o inquérito, não poderia ter determinado diligências no caso sem ouvir o MPF.

Por que é importante

A decisão é tomada no dia em que o ministro Alexandre de Moraes autorizou o cumprimento de busca e apreensão contra sete pessoas e determinou o bloqueio das redes sociais dos envolvidos

Quem ganha

O respeito aos processos legais, com a separação das funções

Quem perde

Toffoli e Moraes, principais interessados no andamento do inquérito

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.