PATROCINADORES

Depois de ataque a senador, Moro autoriza envio da Força Nacional ao Ceará

Tropas da Força Nacional de Segurança Pública devem chegar ao Ceará na tarde desta quinta-feira (20) e permanecer por um período de 30 dias. O envio foi autorizado na quarta-feira (19) pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, após a confusão que terminou com o senador Cid Gomes (PDT) baleado. Cid foi atingido por disparos de arma de fogo quando tentava entrar em um batalhão da Polícia Militar com uma retroescavadeira. O local estava ocupado por policiais em greve que reivindicavam um aumento salarial. Hospitalizado, ele apresenta boa evolução clínica, está lúcido e respira sem auxílio de aparelhos. A presença da Força Nacional no Ceará foi um pedido do governador Camilo Santana (PT). O estado enfrenta distúrbios por conta da paralisação dos policiais militares. Em nota, Moro destacou que as tropas irão atuar “para colaborar com as forças de seguranças estaduais na garantia da lei e da ordem”.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.