Document
PATROCINADORES

Datafolha aponta vantagem de Lula em 2022 e reforça cenário turbulento para Bolsonaro

A nova pesquisa Datafolha, publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, coloca o ex-presidente Lula (PT) em vantagem na corrida pelo Palácio do Planalto em 2022. O petista, que retomou os direitos políticos recentemente, aparece com 41% das intenções de voto. Ele é seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com 23%. Na sequência, embolados, estão, o ex-ministro da Justiça Sergio Moro (sem partido), com 7%; o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 6%; o apresentador Luciano Huck (sem partido), com 4%; o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 3%; e, empatados com 2%, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o empresário João Amoêdo (Novo). Considerando a disputa no segundo turno, Lula derrotaria Bolsonaro com ampla margem (55% contra 32%).

O levantamento traz outros sinais ruins que podem ameaçar a busca de Bolsonaro pela reeleição, especialmente agora com o início dos trabalhos da CPI da Pandemia, que devem questionar a conduta do presidente no enfrentamento à crise sanitária. A aprovação do governo caiu de 30% para 24% entre março e a sondagem atual. Essa é a pior marca desde o início do mandato. A rejeição oscilou de 44% para 45% no período. A gestão é avaliada como regular por 30% dos eleitores – um aumento de 6 pontos percentuais.

O instituto ouviu 2.071 pessoas, de forma presencial, em 146 municípios, nos dias 11 e 12 de maio. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.