PATROCINADORES

Criticado por Maia e Alcolumbre, Salles esfria crise com Ramos

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi criticado no sábado (24) pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), por ataques feitos ao ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Salles chamou Ramos de “Maria Fofoca” ao compartilhar uma reportagem do jornal O Globo que apontava divergências entre ele e a ala militar do governo. A publicação no Twitter gerou reação dos líderes do Congresso. “O ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo”, escreveu Maia na rede social. “Sem entrar no mérito da questão, faço duas ressalvas. Como chefe do Legislativo, registro a importância do ministro Luiz Ramos na relação institucional com o Congresso. Não é saudável que um ministro ofenda publicamente outro ministro. Isto só apequena o governo e faz mal ao Brasil”, apontou Alcolumbre. Ao Estadão, Ricardo Salles preferiu não alimentar mais a polêmica. “Assunto encerrado”, disse. A orientação de não rebater as críticas teria partido do presidente Jair Bolsonaro para não prolongar a crise.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 5 =