PATROCINADORES

CPI deve marcar depoimento de Pazuello para a próxima quarta-feira

Os senadores independentes e da oposição que integram a CPI da Pandemia se reuniram na noite de quarta-feira (28) e definiram um cronograma inicial de convocações. Os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandettta e Nelson Teich vão prestar depoimento na próxima terça-feira (4). Cada um falará em um período do dia. O ex-ministro Eduardo Pazuello será ouvido na quarta-feira (5). Um dos nomes mais esperados na CPI, os parlamentares pretendem reservar o dia inteiro para fazer os questionamentos a Pazuello. Já o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga, será chamado para falar na quinta-feira (6). O bloco ainda chegou a um consenso para acelerar as convocações do ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten e de representantes da Pfizer. O motivo foi a entrevista de Wajngarten à revista Veja. O antigo chefe da Secom afirmou que houve “incompetência e ineficiência” na gestão Pazuello nas tratativas fracassadas para a compra da vacina desenvolvida pela farmacêutica. As oitivas podem ocorrer até 11 de maio.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.