PATROCINADORES

Condenado, Bendine revela esquemas no Banco do Brasil

O ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine foi condenado nesta semana pelo juiz Sérgio Moro a onze anos de prisão por propinas recebidas na empresa de petróleo. Ainda que não tenha fechado acordo de delação premiada, Bendine está colaborando com a Justiça com informações sobre esquemas de quando ele atuava no banco. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Bendine tem descrito como funcionava a liberação de empréstimos a empresas, que, como contrapartida, devolviam 1% a 2% do valor recebido a quatro intermediários como propina.

Por que é importante

Aldemir Bendine foi presidente do Banco do Brasil entre 2009 e 2015. Ele deixou o cargo para assumir a presidência da Petrobras e permaneceu até o impeachment da ex-presidente Dilma

Quem ganha

As revelações de Bendine têm potencial de abrir a caixa-preta da corrupção no BB

Quem perde

O PT seria o principal alvo dos relatos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =

Pergunte para a

Mônica.