Document
PATROCINADORES

Comandante da FAB nega qualquer golpismo em conversa com Gilmar Mendes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, foi almoçar com o comandante da Aeronáutica, brigadeiro-do-ar Carlos Almeida Baptista Jr., na terça-feira (3), aponta uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo nesta quarta-feira (4). O encontro ocorreu no Clube da Aeronáutica, em Brasília. O prato principal foram as continuadas declarações do presidente Jair Bolsonaro, que defende o voto impresso, ameaças as eleições de 2022 e ataca o Judiciário. O brigadeiro reafirmou que nega qualquer apoio aos laivos golpistas de Bolsonaro. Procurado, o magistrado não comentou sobre o encontro. A assessoria de Baptista Jr. não respondeu. Ele é considerado um dos apoiadores mais dedicados do presidente entre os ombros mais estrelados da hierarquia militar brasileira.

Bolsonaro costuma escolher algozes e com a proximidade das eleições, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se tornou o novo alvo. Com a escalada dos ataques, o órgão reagiu abrindo uma investigação sobre as acusações feitas pelo mandatário às urnas eletrônicas, a qual diz – sem provas – serem fraudulentas, ameaçando não aceitar o pleito se o voto impresso não for aprovado no Congresso.

  • O que os militares têm com isso? Além de Bolsonaro ser o comandante em chefe das Forças Armadas enquanto exercer a presidência, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, alinhado à causa do voto impresso, supostamente fez ameaças às eleições privadamente ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), por meio de um recado, apontou uma reportagem do Estado de S.Paulo – após a divulgação do episódio, ambos negaram tudo.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.