PATROCINADORES

Collor anuncia candidatura e diz que é hora de “olhar adiante”

Quase 30 anos depois de sofrer impeachment, o ex-presidente, e hoje senador, Fernando Collor (PTC-AL) anunciou na tribuna do Senado a pré-candidatura na eleição presidencial de outubro e instou as pessoas a pensar no futuro. “O que importa agora é olhar adiante. O Brasil continua sendo uma obra gigantesca, uma obra que pede tempo de maturação social, clama por estabilidade institucional e que suplica por determinação política”, disse o senador, que afirmou que o país passa por um ambiente de “extremismos”, “bravatas” e “radicalismos”.

Por que é importante

As movimentações políticas indicam que a eleição presidencial de 2018 terá vários candidatos, que aproveitam o momento de instabilidade política

Quem ganha

Fernando Collor, que foi afastado da presidência acusado de corrupção e inocentado no Supremo Tribunal Federal posteriormente. "Submeto ao julgamento isento, maduro e democrático da população brasileira minha pré-candidatura à Presidência da República", disse

Quem perde

O Judiciário. Collor é réu no STF em ação penal ligada à operação Lava Jato, envolvendo a BR Distribuidora e o PTB, acusado dos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + sete =

Pergunte para a

Mônica.