Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Charles III e a vingança das galinhas

Ativistas pelos direitos dos animais vandalizaram na terça-feira (11) o primeiro retrato oficial do rei Charles III, do Reino Unido. Como protesto, eles colocaram uma imagem do personagem Wallace, da série de animação “Wallace and Gromit”, no rosto de Charles.

Imagens publicadas pelo grupo de campanha Animal Rising mostram dois de seus apoiadores se aproximando do retrato na galeria Philip Mold, em Londres, e sobrepondo o rosto do rei com uma grande imagem do personagem. Logo abaixo, um balão de fala mostra a frase “Sem queijo, Gromit. Veja toda essa crueldade nas fazendas da RSPCA!”.

A sigla RSPCA representa a Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais, uma associação britânica apadrinhada por Charles. Procurado pela agência de notícias Reuters, o Palácio de Buckingham disse que não iria se pronunciar por ora.

“Estamos chocados com este vandalismo ao retrato de Sua Majestade o Rei, nosso patrono. Acolhemos com satisfação o escrutínio do nosso trabalho, mas não podemos tolerar qualquer tipo de atividade ilegal”, disse um porta-voz da RSPCA.

O ataque é o mais recente de ativistas contra obras de arte no Reino Unido. No mês passado, manifestantes tentaram destruir uma caixa que guardava o texto original da Carta Magna, na Biblioteca Britânica; no ano passado, outro grupo tentou jogar sopa sobre um quadro de Van Gogh, na Galeria Nacional. Em nota, a Animal Rising disse que os pôsteres colados poderiam ser facilmente retirados, sem causar danos à pintura, que não contava com um vidro de proteção.

O retrato oficial, pintado por Jonathan Yeo e apresentado em maio, é alvo de críticas, sobretudo pelo excesso de vermelho, comparado pejorativamente ao “sangue colonial” e até ao “Tampax de Camilla” – a partir de uma conversa ilegalmente gravada entre o então príncipe e sua então amante. Yeo reconheceu que alguns dos comentários são engraçados e que não levou nada para o pessoal.

“As pessoas espelham o que sentem na arte. Se odeiam a monarquia, tendem a enxergar a obra de forma negativa. O vermelho é a cor do uniforme militar do rei, daí ter decidido abusar dele, para além do traje. O que está lá é o meu estilo. Não faria sentido dar ares de passado à tela, fazendo o mesmo retrato clássico de sempre”, disse.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.