Document
PATROCINADORES

Celso de Mello retira do plenário virtual julgamento sobre depoimento de Bolsonaro

O ministro Celso de Mello, do STF, decidiu retirar da pauta do plenário virtual o julgamento do recurso sobre a possibilidade de o presidente Jair Bolsonaro prestar depoimento por escrito à Polícia Federal (PF) no inquérito que apura a suposta tentativa de interferir na corporação. No modo remoto, os votos dos integrantes da Corte seriam depositados no sistema eletrônico e o resultado seria proclamado ao fim do prazo. Agora, a discussão será feita da maneira convencional, em uma sessão do plenário realizada por videoconferência, por causa da pandemia. Caberá ao presidente Luiz Fux determinar quando o tema vai entrar na pauta. Relator do inquérito, Celso de Mello defende que Bolsonaro apresente suas explicações em um depoimento presencial. O decano entende que o presidente, por ser investigado no caso, não teria o benefício de mostrar sua alegações por escrito. A PF já indicou que é fundamental ouvir o presidente antes de encerrar as apurações. Uma data chegou a ser marcada, mas foi suspensa até a análise do recurso.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.