Document
PATROCINADORES

Celso de Mello quer decidir sobre depoimento de Bolsonaro antes da aposentadoria

O ministro Celso de Mello, do STF, pediu que o presidente Luiz Fux coloque na pauta da Corte o julgamento sobre o depoimento do presidente Jair Bolsonaro à Polícia Federal no inquérito que apura uma suposta interferência indevida no trabalho da corporação. O decano defende que Bolsonaro compareça pessoalmente à PF para depor enquanto um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) quer que o presidente apresente por escrito as explicações no caso. Segundo a agência Reuters, a expectativa é que Fux inclua o tema nas discussões programadas para esta semana. A possibilidade está sendo vista como uma forma de o presidente atender “o último pedido” de Mello, já que o ministro irá se aposentar e deixar oficialmente o Supremo em 13 de outubro. A PF espera ouvir Bolsonaro para concluir o inquérito. O procedimento está suspenso até que a questão seja resolvida pelo STF.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.