Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Câmara apoia Previdência, mas deve desidratar texto, indica pesquisa

Câmara apoia Previdência, mas deve desidratar texto, indica pesquisa

Pesquisa da XP Investimentos realizada entre os dias 26 de março e 4 de abril, com 201 deputados federais, mostra que a maioria da Câmara é a favor da reforma da Previdência, mas resiste a alguns pontos do texto enviado pelo governo.

Para 76% dos entrevistados, é necessário mudar as regras previdenciárias, contra 20% contrários a qualquer alteração – 4% não souberam responder. Porém, apenas 7% dos congressistas concordam plenamente com o projeto do governo, enquanto 42% defendem “algumas alterações”, 23% querem “muitas alterações” e 25% discordam totalmente do teor da proposta – 2% não souberam responder.

Questionados em relação a pontos específicos da reforma, os parlamentares se mostraram mais críticos às mudanças estipuladas para o BPC (Benefício de Prestação Continuada): 76% afirmaram que esse ponto “precisa ser alterado”, contra 19% favoráveis ao texto original.

Por que é importante
O governo precisa dos votos de 308 deputados para aprovar a reforma na Câmara
Quem ganha
O governo, que conta com a boa vontade do Parlamento para aprovar o projeto
Quem perde
Defensores de uma reforma mais robusta, que economize pelo menos R$ 1 trilhão em 10 anos

Envie seu comentário

4 + um =