PATROCINADORES

Câmara apoia Previdência, mas deve desidratar texto, indica pesquisa

Pesquisa da XP Investimentos realizada entre os dias 26 de março e 4 de abril, com 201 deputados federais, mostra que a maioria da Câmara é a favor da reforma da Previdência, mas resiste a alguns pontos do texto enviado pelo governo.

Para 76% dos entrevistados, é necessário mudar as regras previdenciárias, contra 20% contrários a qualquer alteração – 4% não souberam responder. Porém, apenas 7% dos congressistas concordam plenamente com o projeto do governo, enquanto 42% defendem “algumas alterações”, 23% querem “muitas alterações” e 25% discordam totalmente do teor da proposta – 2% não souberam responder.

Questionados em relação a pontos específicos da reforma, os parlamentares se mostraram mais críticos às mudanças estipuladas para o BPC (Benefício de Prestação Continuada): 76% afirmaram que esse ponto “precisa ser alterado”, contra 19% favoráveis ao texto original.

Por que é importante

O governo precisa dos votos de 308 deputados para aprovar a reforma na Câmara

Quem ganha

O governo, que conta com a boa vontade do Parlamento para aprovar o projeto

Quem perde

Defensores de uma reforma mais robusta, que economize pelo menos R$ 1 trilhão em 10 anos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.