PATROCINADORES

Bolsonaro volta a cogitar saída do PSL e faz exigência

Em viagem oficial à China, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta quinta-feira (24) que pode sair do partido nas próximas semanas. O presidente destacou que a sua permanência está condicionada à adoção de práticas transparentes no controle dos recursos públicos repassados à legenda.

“O que nós pretendemos é que a palavra mágica ‘transparência’ seja colocada em prática no PSL. Caso contrário, se não for possível, daqui a algumas semanas, eu tomarei uma outra decisão”, afirmou.

Bolsonaro está em atrito com o presidente do partido, o deputado federal Luciano Bivar (PE), há algumas semanas. O clima se espalhou para a bancada da legenda no Congresso, que está rachada.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 8 =

Pergunte para a

Mônica.