PATROCINADORES

Bolsonaro sinaliza veto a fundo eleitoral de R$ 2 bilhões

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (18) que cogita vetar o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões aprovado pelo Congresso. O dinheiro poderá ser usado pelos partidos para o financiamento de campanhas de vereadores e prefeitos nas eleições municipais do ano que vem. Em conversa com apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro citou o PSL e o PT, siglas que receberão as maiores fatias do fundo, e criticou o uso de dinheiro público para abastecer os cofres das agremiações.

“O PT vai ganhar R$ 200 milhões para fazer campanha no ano que vem. Aquele pessoal do PSL lá, que mudou de lado, também vai pegar R$ 200 milhões. Se quer fazer material de campanha caro, não vou ajudar esse cara, pronto”, declarou.

Um eventual veto do presidente à iniciativa poderá ser derrubado posteriormente pelo Congresso.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.