Document
PATROCINADORES

Bolsonaro recua e convoca Temer para resolver a crise que criou

Com paralisação em rodovias, mercado financeiro fragilizado e crise institucional após os discursos golpistas no 7 de setembro, o presidente Jair Bolsonaro recuou nesta quinta-feira (9). A nota oficial (abaixo) divulgada nesta tarde, ele reiterou o respeito à Justiça na figura do Supremo Tribunal Federal (STF), contrariando completamente sua afirmações às multidões. Ele também suavizou o tom ao citar o ministro Alexandre de Moraes, o principal alvo de seus ataques e de seus apoiadores e para quem ligou.

O articulador desta virada conciliatória foi o ex-presidente Michel Temer (MDB-SP), convocado às pressas por Bolsonaro, que mandou buscá-lo em São Paulo. Conforme noticiado pela rede CNN, foi o jurista Temer o autor da carta pacificadora e também da ligação de reconciliação com Moraes – e o STF em geral.

Michel Temer teve que voar para Brasília

Vale lembrar que Moraes se tornou ministro do STF por indicação de Temer em 2018. O teor da conversa por telefone não foi divulgado. O resultado imediato do ambiente de suposta distensão foi a bolsa fechar em alta.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.