Document
PATROCINADORES

Bolsonaro diz querer abrir “caixa preta” do PSL

Em entrevista na noite do sábado (12), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que deseja abrir a “caixa preta” de seu partido, o PSL, referindo-se ao uso dos recursos do fundo partidário. Ontem, ele e outros 19 parlamentares assinaram um documento que pede que a legenda atue com transparência. Na entrevista, o presidente defendeu o fim do fundo partidário.

“Não pode chegar e pegar uma verba de R$ 8 milhões por mês, dinheiro público, e aí uma minoria decide o que fazer com esse recurso. Por mim nem teria esse fundo partidário. Eu me elegi gastando R$ 2 milhões porque fiz uma vaquinha virtual”, declarou Bolsonaro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.