PATROCINADORES

Bolsonaro diz que é preciso “preparar opinião pública” sobre sanção do fundo eleitoral

O presidente Jair Bolsonaro voltou a indicar nesta quinta-feira (2) que irá sancionar o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões proposto pelo governo e aprovado pelo Congresso. Bolsonaro reforçou que a decisão deverá ser tomada para evitar um possível crime de responsabilidade – que poderia resultar na abertura de um processo de impeachment.

“O fundo eleitoral é uma lei. O que o TSE fez? Oficiou a receita no valor, o montante, de R$ 2 bilhões. Então veto ou sanção é uma obediência à lei. Se você for ler o artigo 85 da Constituição, se eu não respeitar a lei, eu estou em curso do crime de responsabilidade”, declarou a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

Ao ser questionado se iria então sancionar a medida, respondeu: “O que posso dizer é isso aí. A conclusão agora é de vocês. É o seguinte, tem de preparar a opinião pública, né, caso contrário vocês me massacram, vocês arrebentam comigo”, completou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.