PATROCINADORES

Bolsonaro diz que acabou a corrupção, mas os pastores…

MONEY REPORT escolheu como Imagem da Semana o presidente Jair Bolsonaro (PL) dizendo que não há mais corrupção no Brasil desde o início de seu mandato, em janeiro de 2019. Ao lado de ministros, políticos e apoiadores, é comum o mandatário em palanques pré-eleitorais fazer pronunciamento exagerados diante do público.

A propagação de Bolsonaro sobre o fim da corrupção, como fez (imagem) em Araguaína (TO), na terça-feira (22), e em Quixadá (CE). no dia seguinte, são concomitantes ao caso dos pastores evangélicos suspeitos de formarem um gabinete paralelo no Ministério da Educação (MEC). Os religiosos teriam pedido pagamentos em dinheiro e até em ouro para prefeitos em troca de facilitarem a liberação de recursos federais para a construção de creches e escolas.

De acordo com o prefeito de Luis Domingues (MA), Gilberto Braga (PSDB), o pastor Arilton Moura pediu R$ 15 mil antecipados em troca do atendimento das demandas junto ao MEC, além de um quilo de ouro quando os recursos fossem liberados. A conversa com o pastor ocorreu em abril de 2021, em um restaurante de Brasília, onde estavam presentes outros prefeitos. O encontro ocorreu depois de o religioso ter, supostamente, saído de uma reunião fora da agenda com o ministro da Educação, Milton Ribeiro, que está na berlinda.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.