PATROCINADORES

Bolsonaro descarta dividir pasta de Moro: “Chance zero”

Ao desembarcar na Índia nesta sexta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro rejeitou por enquanto a possibilidade de recriar o Ministério da Segurança Pública e desmembrá-lo da pasta da Justiça.

“A chance no momento é zero. Não sei o amanhã, porque na política tudo muda, mas a intenção não é criar”, afirmou.

A medida criou um mal-estar com o ministro Sergio Moro, titular do cargo, que poderia ter os poderes esvaziados. Moro, inclusive, cogitou nos bastidores deixar o governo se a iniciativa avançasse. Apesar do impasse, Bolsonaro indicou que a relação entre ele e o ministro não está abalada.

“Não preciso falar com ele, nos entendemos muito bem. O Brasil está indo muito bem. Os números de segurança pública estão muito bem. E é a minha máxima, em time que está ganhando, não se mexe”, completou.

Por que é importante

A fala de Bolsonaro encerra o impasse que poderia gerar uma crise mais ampla no governo

Quem ganha

Moro, que mantém a estrutural ministerial preservada

Quem perde

Os secretários estaduais que defenderam a recriação do Ministério da Segurança Pública

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.