Document
PATROCINADORES

Bolsonaro cancela a nomeação de Ramagem para o comando da PF

O presidente Jair Bolsonaro revogou na tarde desta quarta-feira (29) a nomeação de Alexandre Ramagem como diretor-geral da Polícia Federal. A decisão ocorre depois de o ministro Alexandre de Moraes, do STF, barrar a indicação do presidente para o comando da PF. Moraes atendeu a um pedido do PDT e considerou o ato como “abuso de poder por desvio de finalidade”. Próximo dos filhos de Bolsonaro, Ramagem assumiria a chefia da PF no lugar de Maurício Valeixo, exonerado do posto pelo presidente na última semana. A mudança na corporação também determinou a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ao anunciar sua demissão, Moro acusou Bolsonaro de interferir politicamente na Polícia Federal.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.