Document
PATROCINADORES

Bolsonaro assume articulação política

Ao que tudo indica, Jair Bolsonaro, enfim, assumiu a articulação política para tentar aprovar a reforma da Previdência. Nesta quarta-feira (10), o presidente indicou que vai continuar recebendo deputados e senadores no seu gabinete, como fez com lideranças partidárias na semana passada, após um início de mandato turbulento na relação com o Congresso. Bolsonaro vai negociar o projeto pessoalmente após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, se afastar da articulação em prol da reforma. “O presidente está disposto a comandar essa articulação”, disse o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Os ministros Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, e Paulo Guedes, da Economia, também têm conversado com parlamentares sobre a proposta.

Por que é importante

Além de negociar pessoalmente com os congressistas, Bolsonaro precisa mobilizar sua base de apoio nas redes sociais para convencer a população sobre a necessidade da reforma

Quem ganha

Bolsonaro, que vinha sendo criticado por não assumir o papel de principal fiador da proposta

Quem perde

Onyx Lorenzoni, que tem sua atuação criticada por parlamentares nos bastidores

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.