Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Barroso garante que ataque hacker não interferiu na eleição

Barroso garante que ataque hacker não interferiu na eleição

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que o ataque no sistema de votação não interferiu em nada na eleição. Segundo o ministro, houve um episódio especifico que aconteceu às 10h41 deste domingo (15). Barroso garantiu que a tentativa de invasão foi bloqueada a tempo, sem conseguir entrar no sistema. 

“Houve reação imediata de nossos técnicos. Foi um acesso de várias origens, como o Brasil, Estados Unidos e Nova Zelândia. Esse tipo de ataque se chama ataque distribuído de negação de serviços, que consiste na tentativa maciça de pelo grande número de acessos de derrubar o sistema. Não derrubaram o sistema e portanto foi inteiramente inócuo”, explicou o ministro.

Barroso também falou sobre o suposto vazamento de dados de funcionários do TSE. Segundo ele, a Polícia Federal já apurou o caso e descobriu que o vazamento ocorreu antes de 23 de outubro e provavelmente se refere a fatos passados, já que as informações vazadas são de 2001 a 2010.

“Vazaram foram informações administrativas sobre ministros aposentados e sobre antigos funcionários do TSE. Um vazamento sem nenhuma relevância e qualquer consequência para o processo eleitoral. Aparentemente teve a sua origem em Portugal”.

Barroso enfatizou que as urnas de votação não são conectadas em rede, o que as protege de qualquer tipo de ataque que possa interferir no processo eleitoral.

(Agência Senado)

Envie seu comentário

dezesseis − doze =