PATROCINADORES

Barroso, do STF, autoriza quebra do sigilo bancário de Temer

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, autorizou nesta segunda-feira (5) a quebra do sigilo bancário do presidente Michel Temer. O pedido para ter acesso aos dados bancários de Temer havia sido feito pela PF no âmbito do chamado inquérito dos portos. O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse que Temer ficou indignado com a decisão de Barroso, mas que dará “total acesso” a seus extratos.

Por que é importante

Michel Temer é investigado no inquérito sob suspeita de ter editado um decreto que alterou regras do setor portuário com o objetivo de beneficiar a empresa Rodrimar

Quem ganha

A PF. É a primeira vez que o STF autoriza a quebra do sigilo bancário de um presidente

Quem perde

Temer, com a segunda derrota no Supremo em uma semana. Antes, o ministro Edson Fachin autorizou a PGR incluir o presidente em outra investigação

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 16 =

Pergunte para a

Mônica.