PATROCINADORES

Barroso diz que decisão sobre adiar eleição deve sair em junho

Em entrevista ao UOL, o ministro Roberto Barroso, do STF, sinalizou nesta segunda-feira (6) que o TSE deve aguardar até junho para decidir se adia ou não a eleição municipal deste ano por conta da pandemia do novo coronavírus. “Eu imaginaria junho como sendo o momento em que teremos que ter uma definição. Não apenas por causa das convenções partidárias e do início da campanha, mas porque a Justiça Eleitoral tem que fazer teste das urnas”, comentou. Barroso, que assumirá a presidência do tribunal eleitoral, disse ser contra prorrogar os atuais mandatos e realizar um pleito geral em 2022. “O que eu sou radicalmente contra é o cancelamento das eleições e fazer todas coincidirem em 2022. Aí temos um problema grave. O eleitor deu um mandato de quatro anos, portanto, prorrogar isso frauda o comando e a vontade que o eleitor manifestou. Além do quê, eu acho uma péssima ideia coincidir eleições municipais com eleições nacionais. As pautas são diferentes”, destacou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =

Pergunte para a

Mônica.