PATROCINADORES

Barroso determina quebra de sigilo de Rocha Loures e amigo de Temer

O presidente Michel Temer sofreu um novo revés no STF. O ministro Luís Roberto Barroso autorizou a quebra dos sigilos telefônico e telemático do ex-deputado e ex-assessor da presidência Rodrigo Rocha Loures e do coronel João Baptisa Lima, amigo de Temer. Os dois são investigados junto com o presidente no chamado inquérito dos portos – que apura a assinatura de um decreto presidencial que teria beneficiado uma empresa com atuação no porto de Santos.

Por que é importante

Barroso já havia determinado a quebra do sigilo fiscal de Temer no mesmo caso

Quem ganha

A PF e o MPF, que podem avançar nas investigações

Quem perde

Temer. Rocha Loures e o coronel seriam os intermediários entre a empresa e o presidente

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =

Pergunte para a

Mônica.