Document
PATROCINADORES

Barros diz que não houve consenso sobre segunda fase da reforma tributária

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse que terminou sem consenso a reunião da base governista realizada nesta segunda-feira (28) para discutir a segunda fase da reforma tributária. A nova etapa prevê, entre outras discussões, a desoneração da folha de pagamento das empresas e a criação de um imposto sobre transações digitais – nos moldes da antiga CPMF – como contrapartida. “Não houve ainda um acordo com os senhores líderes sobre um texto possível. Nós continuaremos trabalhando para que ela possa avançar”, afirmou Barros. Também presente no encontro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou que o projeto está bem adiantado e, quando passar pelos ajustes, será formalmente encaminhado ao Congresso pela área política – responsável pela articulação com os parlamentares. “Temos a nossa proposta praticamente pronta e agora é a política que dá o timing”, comentou Guedes.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.