Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Assange é condenado a 50 semanas de prisão por tribunal inglês

Assange é condenado a 50 semanas de prisão por tribunal inglês

O australiano Julian Assange, fundador do Wikileaks, foi condenado a 50 semanas de prisão por um tribunal de Londres, nesta quarta-feira (1º). Assange recebeu a sentença por descumprir as regras da liberdade condicional concedida pela justiça britânica, ainda em 2010. O ativista havia sido detido por conta de uma investigação na Suécia sobre abuso sexual, mas pagou a fiança alguns dias depois e seguiu na Inglaterra à espera uma definição em torno do pedido sueco de extradição, que foi definitivamente aceito em 2012. Com a derrota judicial, Assange recebeu asilo político na embaixada do Equador em Londres, onde viveu por sete anos. O governo equatoriano retirou o status no dia 11 de abril, permitindo a prisão do australiano.

Por que é importante
Fundador do Wikileaks, Assange publicou vários documentos secretos do governo dos EUA em 2010, constrangendo os americanos na diplomacia mundial
Quem ganha
Os Estados Unidos, que devem reforçar o pedido de extradição do ativista
Quem perde
Assange, que enfrenta uma série de processos na Justiça

Envie seu comentário

14 + nove =