PATROCINADORES

Aras indica que dinheiro de acordos de leniência será repassado à saúde

Em reunião nesta quinta-feira (2) com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras disse que o Ministério Público Federal (MPF) pretende garantir que os valores arrecadados em acordos de leniência sejam repassados às ações de combate à pandemia do novo coronavírus. Segundo Aras, ao menos R$ 2,5 bilhões poderão ser destinados ao enfrentamento da doença. A expectativa dele é que o montante cresça se abranger pactos nas esferas estaduais. “Os recursos que estamos carreando com os acordos precisam ser destinados a uma finalidade específica, que é o aparelhamento do sistema médico”, destacou o PGR.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.