Document
PATROCINADORES

Anvisa recebe pedido para uso emergencial da Sinopharm

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, nesta segunda-feira (26), uma nova solicitação de autorização temporária de uso emergencial de vacina contra a covid-19. O pedido veio do laboratório chinês Sinopharm e foi apresentado pela Blau Farmacêutica, representante do imunizante no Brasil.

A vacina é produzida a partir de um vírus inativado, tecnologia similar da CoronaVac. O imunizante é aplicado em duas doses, com um intervalo de três a quatro semanas entre elas. A recomendação é para adultos acima de 18 anos.

Vale destacar que em maio deste ano, o imunizante foi aprovado para uso emergencial pela Organização Mundial da Saúde (OMS), sendo primeiro de origem chinesa a conseguir o feito. Ao lado das vacinas da Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen.

(Com Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.