PATROCINADORES

Aliado de Renan endossa pedido para investigar procuradores da Lava-Jato

Quatro integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) encaminharam à corregedoria nacional um pedido para que os procuradores da força-tarefa da Operação Lava-Jato sejam investigados no caso dos vazamentos publicados pelo site The Intercept. Um dos autores da representação é Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, um aliado do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que ocupa uma cadeira no conselho do MP na cota do Senado.

Bandeira é advogado e servidor de carreira do Senado. Ele chegou a ser chefe de gabinete da presidência entre 2013 e 2014, quando Renan comandava a Casa. No início do ano, na eleição da presidência do Senado, o advogado ocupava o cargo de cargo de secretário-geral da Mesa. Ele foi exonerado por Davi Alcolumbre (DEM-AP) por fazer campanha para Calheiros.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × três =

Pergunte para a

Mônica.