Document
PATROCINADORES

Alexandre de Moraes abre inquérito para investigar atos contra democracia

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou a abertura de inquérito para investigar as manifestações realizadas em Brasília, no domingo (19). Com a participação do presidente Jair Bolsonaro, os protestos foram marcados por faixas e palavras de ordem contra o Congresso Nacional e a favor de uma intervenção militar. O pedido de investigação foi feito na segunda-feira (20) pelo procurador-geral da República, Augusto Aras.

Ao acionar o Supremo, Aras não citou Bolsonaro, mas justificou o pedido ao STF dizendo que os atos foram cometidos “por vários cidadãos, inclusive deputados federais”. 

Em sua decisão, Moraes disse que “é imprescindível a verificação da existência de organizações e esquemas de financiamento de manifestações contra a democracia e a divulgação em massa de mensagens atentatórias ao regime republicano, bem como as suas formas de gerenciamento, liderança, organização e propagação que visam lesar ou expor a perigo de lesão os Direitos Fundamentais, a independência dos Poderes instituídos e ao Estado Democrático de Direito, trazendo como consequência o nefasto manto do arbítrio e da ditadura”.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.