PATROCINADORES

Alcolumbre: “Brasil pode voltar a ter capacidade de investimento”

O plenário do Senado aprovou em segundo turno na terça-feira (22), com 60 votos favoráveis e 19 votos contrários, a reforma da Previdência. A principal mudança é a fixação de uma idade mínima (65 anos para homens e 62 anos para mulheres) para a aposentadoria, extinguindo a aposentadoria por tempo de contribuição.

Após a votação, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), comemorou o resultado e ressaltou o compromisso dos parlamentares.

“O Senado da República, o Congresso Nacional e a Câmara dos Deputados enfrentaram, este ano, uma das matérias mais difíceis, mas, ao mesmo tempo, mais importantes para a nação brasileira. O Parlamento mostra maturidade política, mostra responsabilidade. O Congresso Nacional cumpre com as suas responsabilidades. O Parlamento brasileiro entrega a maior reforma da Previdência da história para o Brasil e para os 210 milhões de brasileiros”, disse.

Alcolumbre falou ainda sobre os benefícios que a reforma deve trazer ao Brasil.

“(Essa reforma) é importante para ajustar as contas do nosso país. E que o país possa voltar a ter capacidade de investimento na segurança, na saúde, na educação, que é fundamental para o desenvolvimento da nossa sociedade”, completou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =

Pergunte para a

Mônica.