Document
PATROCINADORES

Ala do PSL defende que Bolsonaro assuma controle do partido

Um grupo de deputados dissidentes do PSL discute uma saída para evitar uma debandada geral no partido. Segundo a agência Reuters, esses parlamentares querem que Luciano Bivar deixe a direção da legenda e entregue o comando ao presidente Jair Bolsonaro.

“Continuamos no PSL se o presidente (Bolsonaro) puder assumir a Executiva do partido. O partido só é o que é hoje porque Bolsonaro foi eleito. Nossa ideia é que Bivar deveria deixar a presidência (da sigla), deveria ser composta uma nova Executiva, que iria para o presidente Bolsonaro”, disse a deputada federal Carla Zambelli (SP).

O PSL está rachado desde que Bolsonaro mostrou sua insatisfação com Bivar e deu sinais de que deve deixar a agremiação. O grupo pró-Bivar defende a expulsão dos insatisfeitos. Já a ala descontente, principalmente os deputados, busca uma solução jurídica para pedir a desfiliação sem o risco de perder o mandato por infidelidade partidária.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.