Document
PATROCINADORES

Afinal, o que Alckmin vai fazer em 2022?

O ex-governador Geraldo Alckmin é, segundo as últimas pesquisas eleitorais, o favorito ao Palácio dos Bandeirantes em 2022. Ocorre que a primazia de concorrer por seu partido, o PSDB, é do atual governador, João Doria. E, no caso de Doria disputar a presidência da República, ele quer seu vice, Rodrigo Garcia, na disputa estadual e oferecer a Alckmin uma candidatura ao Senado ou à Câmara Federal. Mas outros partidos cortejam o ex-governador. O PSB, por exemplo, sonha com a reedição da chapa de 2014, com Alckmin e Márcio França – ideia já abraçada pelo ex-vice.

Enquanto não se sabe o destino eleitoral deste medalhão tucano, a disputa promete ficar embolada, uma vez que a esquerda deve vir com dois nomes com bons resultados na capital: Fernando Haddad e Guilherme Boulos (pode, no entanto, haver uma composição entre PT e PSOL). Além disso, é preciso ver qual será o candidato do presidente Jair Bolsonaro nesse pleito.

Não será uma eleição fácil – até porque a chance de Alckmin deixar o PSDB e concorrer contra Doria não é remota. Ver os dois debatendo na televisão será, sem dúvida, um dos grandes eventos da história política do estado de São Paulo. Seria a oportunidade perfeita para o ex-governador dizer poucas e boas para o atual ocupante do cargo. Geraldo Alckmin colocará para fora tudo o que engoliu nos últimos anos?

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.