Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Afastamento de senador será votado pelo plenário do STF

Afastamento de senador será votado pelo plenário do STF

O ministro Luís Roberto Barroso, depois de ser criticado no Senado pela decisão monocrática de afastar o senador Chico Rodrigues — flagrado com cerca de R$ 30 000 na cueca durante operação conduzida pela Polícia Federal em sua residência –, decidiu levar o caso ao plenário do Supremo Tribunal Federal. O julgamento foi marcado para a próxima quarta-feira.

Barroso enfrentou críticas dos parlamentares que, mesmo convencidos de que Rodrigues merece algum tipo de punição, viram na atitude do ministro uma interferência do Judiciário no Legislativo. Para esses senadores, a decisão de afastar o ex-vice-líder do Governo deveria ficar no âmbito do Conselho de Ética da Câmara Alta. Partidos como Rede e Solidariedade já protocolaram pedidos de cassação de Rodrigues, cujo caso deve ser analisado na próxima semana. Mas, votação que é bom, só daqui a 90 dias, na melhor das hipóteses. A ideia é passar um recado ao STF: o de que assuntos legislativos não devem ser deliberados pelo Judiciário.

Envie seu comentário

cinco + 2 =