Document
PATROCINADORES

Acusado de favorecer Renan, secretário do Senado é exonerado

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente interino do Senado, exonerou nesta sexta-feira (1º) Luiz Fernando Bandeira de Melo Filho do cargo de secretário-geral da Mesa. Melo Filho foi exonerado da função após editar um ato para que o senador Maranhão (MDB-PB) presida a eleição da Mesa. Maranhão é contra a votação aberta e aliado do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que concorre à Presidência do Senado, e é a favor do voto secreto. Segundo pessoas próximas aos senadores, Melo Filho tinha por “objetivo claro” favorecer Renan. Procurado por MONEY REPORT, o agora ex-secretário da Mesa disse que não ia se manifestar sobre o assunto. “Prefiro ficar em silêncio neste momento”, afirmou Melo Filho, que chegou à Mesa do Senado graças a Renan, em 2014. 

Por que é importante

Renan Calheiros tenta comandar o Senado pela quinta vez e conta com amplo apoio na Casa, inclusive de parlamentares governistas

Quem ganha

Senadores que disputam o pleito, como Davi Alcolumbre (DEM)

Quem perde

Luiz Fernando Bandeira de Melo Filho

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.