Document
PATROCINADORES

Na fase verde da pandemia, 76% dos paulistas já podem ir a cinemas e shows

A capital e outras cinco regiões do estado de São Paulo passaram para a etapa menos restritiva das atividades econômicas do plano de contenção da pandemia do novo coronavírus. Assim, 33,44 milhões de pessoas (76% da população estadual) agora vivem em regiões reclassificadas na fase verde: Grande São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Sorocaba, Taubaté e Piracicaba. O anúncio foi feito pelo governador João Doria, nesta sexta-feira (9).

A classificação começa a valer a partir deste sábado (9). Nestas regiões está permitido o funcionamento de cinemas, museus, teatros e eventos socioculturais com público em pé. Todavia, os estabelecimentos precisam respeitar os protocolos de higiene e distanciamento, com ocupação máxima de 60%. A única região do estado que regrediu é a de Barretos, que voltou à fase laranja, que permite escritórios, comércio e shoppings abertos, mas com restrições. Outras dez regiões estão na fase amarela, que permite  salões de beleza, bares, restaurantes, academias, parques e atividades culturais com público sentado podem funcionar, mas com restrições.

Com a fase verde, os municípios dessas regiões podem decidir pela reabertura das escolas públicas e particulares, desde que com até 70% de lotação nas salas, em um sistema de rodízio e manutenção do ensino a distância.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.