PATROCINADORES

Unilever estuda cortar anúncios de Facebook e Google

Facebook e Google podem perder uma importante anunciante em breve. A Unilever estuda cortar a publicidade de plataformas digitais que criem divisões na sociedade, estimulem o ódio e não protejam as crianças. Keith Weed, responsável pela área de marketing da empresa, pediu que a indústria de tecnologia melhore a transparência e a confiança do consumidor em uma era de notícias falsas e conteúdo ofensivo nas redes.

Por que é importante

A Unilever é a segunda maior anunciante global. A companhia gastou mais de US$ 9 bilhões no ano passado em publicidade

Quem ganha

O consumidor, com a transparência e a qualidade das informações publicadas na internet

Quem perde

Google e Facebook, que receberam metade da receita com anúncios online no mundo no ano passado, segundo a empresa eMarketer

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.